• ARARI
  • NOTÍCIA
  • EXPRESSÃO
  • CIÊNCIA
  • 22/11/2013

    Acadêmicos da UEMA realizam projeto de fomento a sustentabilidade ambiental.

    Postado em 22.11.13  | No marcador    |  Deixe seu comentário»


    Fazendo parte de uma tarefa como acadêmicos, alunos do curso de física do Pólo do Porgrama Darcy Ribeiro em Arari realizam um projeto de extensão da disciplina Educação Ambiental, que discutiu na prática a importância da sustentabilidade.

    Com a ideia maximizada de contribuir e sensibilizar a classe estudantil para a importância da Educação ambiental na construção do conhecimento, na relação do homem e o meio ambiente, no desenvolvimento de práticas ecologicamente corretas e no desenvolvimento sustentável, a equipe responsável escolheu a Escola Municipal Luiza Francelina para a execução do projeto.

    “Discutir sustentabilidade não é uma tarefa fácil em uma sociedade que a cada dia se torna mais consumista e, dependente das tecnologias que usam objetos cada vez mais falíveis, o que ocasiona um acúmulo desenfreado de lixo” frisou a coordenação. 

    As ações foram desenvolvidas visando demonstrar na teoria e na prática atitudes consideradas sustentáveis, a equipe realizou pesquisas de campo, palestra com a parceria da Secretaria do Meio Ambiente, coleta de material possível de reutilização e juntos com os alunos atendidos, confeccionaram um cantinho de leitura em uma das salas de aula do ensino fundamental. 

     Confecção do Cantinho de Leitura.

    O encerramento das ações contou com um divertido concurso de torna na cara, onde quem errava a pergunta relacionada ao tema, era surpreendido com uma deliciosa tortada no rosto, o que proporcionou conhecimento, diversão e interação entre os participantes.  
     

    Como parte importante do projeto, ficaram a continuidade das ações. Os alunos mais empenhados continuam dialogando sobre a coleta de materiais e discutindo com possíveis parceiros o desenvolvimento de outras atividades que foquem na sustentabilidade ambiental.

    Cantinho de leitura na escola


    0 comentário(s):

    20/11/2013

    O outro lado

    Postado em 20.11.13  | No marcador  Expressão  |  Deixe seu comentário»

    Nem todo sentimento que apraz é amor
    Nem toda palavra pronunciada é sincera
    Nem toda pessoa companheira é amiga
    Nem todo desejo profundo é quimera

    Nem todo abraço apertado é consolador
    Nem todo semblante molhado é de tristeza
    Nem todo caminho pedregoso é difícil
    Nem toda queda sofrida é de fraqueza

    Nem todo presente ganho é agradável
    Nem toda comida cheirosa é suculenta
    Nem toda terra fofa é fértil
    Nem toda justiça divina é lenta

    Nem toda vida humana é oportuna
    Nem todo super herói é imortal
    Nem todo final feliz é perfeito
    Nem toda droga consumida é ilegal

    Nem todo gesto carinhoso é válido

    Nem toda ambição pessoal é egocêntrica
    Nem toda mulher bonita é irresistível
    Nem toda guerra travada é sangrenta

    Nem toda música gravada é sucesso
    Nem toda desculpa sincera é aceita
    Nem todo trabalho duro é digno
    Nem toda chapa competente é eleita

    Nem todo dia de verão é ensolarado
    Nem todo homem moderno é machista
    Nem toda ideia genial é aprovada
    Nem todo palhaço de circo é artista

    Nem todo universo existente é conhecido
    Nem toda rocha aterrada é intransponível
    Nem todo jovem diferente é cafona
    Nem todo sonho grandioso é impossível

                      dri chaves

    0 comentário(s):

    Dilma manifesta preocupação com a saúde de José Genoino.

    Postado em 20.11.13  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»

    A presidente Dilma Rousseff manifestou preocupação humanitária e pessoal, segundo ela própria, com a saúde do deputado federal José Genoino. Em entrevista a rádios religiosas de Campinas, Dilma foi surpreendida por uma questão sobre o mensalão, mas não fez comentários a respeito da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). “Eu me manifestei sobre a saúde do deputado Genoino. Primeiro porque eu sei das condições de saúde dele, sei que toma anticoagulante. E, ao mesmo tempo, tenho relação pessoal com a família do Genoino”, afirmou a presidente. “Estive encarcerada com a mulher do Genoino no período da ditadura militar”, completou.

    Na última segunda-feira, em encontro com líderes governistas no Senado, Dilma disse que a situação de Genoino “é crítica” e repreendeu também o advogado do deputado, Luiz Fernando Pacheco. Na ocasião, a presidente disse que ele “foi mole” ao não ter conseguido prisão domiciliar para seu cliente mesmo tendo em mãos um laudo que atestava a situação de saúde de Genoino. “Manifestei minha preocupação com ele em caráter estritamente pessoal”, explicou Dilma hoje às rádios.

    Sobre a condenação dos réus do mensalão e as primeiras prisões executadas, Dilma se amparou na Constituição Federal e disse que os poderes são independentes. “Não me permito, como presidenta da República, fazer qualquer observação, análise ou avaliação sobre atos do Poder Judiciário. Em especial às decisões do Supremo Tribunal Federal”, afirmou.

    A presidente falou ainda que “é conduta exigida dos presidente dos poderes” o respeito ao outro poder. “Enquanto eu for presidente, não faço análise crítica de sentenças da Suprema Corte do meu País”, garantiu. Dilma ponderou, no entanto, ter convicções pessoais, que não serão expressas publicamente enquanto ela ocupar a cadeira presidencial.


    Jornal Pequeno

    0 comentário(s):

    14/11/2013

    Dilma alega controle de gastos e veta criação de novos municípios.

    Postado em 14.11.13  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»

    Com sua política de controle de gastos em crescente descrédito, a presidente Dilma Rousseff abriu um potencial conflito com o Congresso ao vetar integralmente o projeto aprovado no mês passado que permitia a criação de algo como 180 novos municípios.

    Segundo a argumentação apresentada no “Diário Oficial” de hoje, a medida permitiria “a expansão expressiva do número de municípios do país, resultando em aumento de despesas com a manutenção de sua estrutura administrativa e representativa”.

    “Esse crescimento de despesas não será acompanhado por receitas equivalentes, o que impactará negativamente a sustentabilidade fiscal e a estabilidade macroeconômica”, diz a justificativa do veto, atribuída a recomendação do Ministério da Fazenda.

    Interesse de candidatos a prefeitos, a vereador, deputados e senadores, o projeto teve apoio de ampla maioria no Congresso. Na última votação, no Senado, passou por 53 votos a 5.

    As regras brasileiras estimulam a criação de municípios sem fontes mínimas de receita para financiar suas atividades, graças aos repasses obrigatórios de recursos da União e dos Estados.

    A principal transferência de recursos da União para as prefeituras é o FPM (Fundo de Participação dos Municípios), formado por 22,5% da arrecadação do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados.

    Para o Palácio do Planalto, a criação de novos municípios forçaria mais divisões dos recursos do FPM, o que prejudicaria principalmente “os municípios menores e com maiores dificuldades financeiras”.



    uol

    0 comentário(s):

    13/11/2013

    Na retomada do julgamento do mensalão, STF deve mandar primeiros réus à prisão

    Postado em 13.11.13  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»


    O STF (Supremo Tribunal Federal) retoma na tarde desta quarta-feira (13), em Brasília, o julgamento do mensalão, que entra em sua terceira fase. Os ministros analisam os segundos embargos declaratórios apresentados por dez réus e devem definir em que momento os condenados que não têm direito a novos recursos começam a cumprir a pena.

    A Corte irá decidir se os outros 12 réus com direitos a infringentes começam a cumprir a pena já ou apenas quando estes recursos forem analisados, em 2014. Ontem, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a execução imediata das penas de 23 dos 25 réus do mensalão.

    O argumento de Janot é que estes 23 réus, que podem ser absolvidos em alguma condenação no julgamento dos infringentes, já podem começar a cumprir a pena pelas outras condenações. Encaixa-se neste caso, por exemplo, o ex-ministro José Dirceu, condenado por corrupção ativa a 7 anos e 11 meses de prisão e por formação de quadrilha a 2 anos e 11 meses.

    Dos 13 réus sem direito a embargos infringentes, que têm mais chance de ser presos nesta semana, oito apresentaram os segundos declaratórios. São eles: Henrique Pizzolato (ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil), Valdemar Costa Neto, Pedro Henry (ambos deputados), Bispo Rodrigues, Pedro Corrêa, Roberto Jefferson, José Borba (os quatro ex-deputados) e Jacinto Lamas (ex-tesoureiro do PL).

    Vinicius Samarane (ex-vice-presidente do Banco Rural), Rogério Tolentino (ex-advogado de Marcos Valério), Romeu Queiroz (ex-deputado), Enivaldo Quadrado (ex-sócio da corretora Bonus Banval) e Emerson Palmieri (ex-tesoureiro do PTB) não apresentaram mais nenhum recurso.

    Destes 13 réus, dois foram condenados a cumprir a pena em regime fechado (Pizzolato e Samarane) e oito (Corrêa, Tolentino, Jefferson, Costa Neto, Jacinto Lamas, Rodrigues, Queiroz e Henry) no semiaberto, quando o detento dorme na prisão e trabalha durante o dia.


    uol

    0 comentário(s):

    08/11/2013

    Aos que amamos...

    Postado em 8.11.13  | No marcador  Expressão  |  Deixe seu comentário»

    Muitos dos que tanto amei precisaram tomar suas malas, deixando um leve sorriso de saudade!

    Instintivamente meu peito geme quando as horas estão prestes a chegar.

    Chega o primeiro barco, as malas são postas e um humilde lenço me diz que é hora de partir.

    Hora em que as lágrimas jazem em minha face de amigo sincero e triste por ter mais um dos meus que se vão.

    Estes dias vou lamentar, porém, o tempo como senhor da concórdia me fará entender.

    Leve um pouco de mim e deixe-me ir ter contigo em seu novo lar.

    Aqui estarei a espera de mais um lenço que desejar sentir o cheiro do mar, para mais lágrimas que, certamente me dirão um breve e dolorido até logo.


    Ailton Barros


    0 comentário(s):

    Para dependentes, jogos geram mais prazer que vida real.

    Postado em 8.11.13  | No marcador  Ciência  |  Deixe seu comentário»

    Passar muito tempo no videogame pode ser sintoma de doença? Qual o limite entre a diversão e a dependência?

    Deixar de cumprir compromissos na escola ou no trabalho ou preferir os jogos a estar com os amigos são indícios de problemas, segundo a psicóloga. Entre os dependentes, é comum virar a noite em frente à telinha, o que também prejudica muito o dia a dia dessas pessoas.

    "As pessoas que são realmente dependentes sentem muito mais prazer nos jogos do que na vida pessoal", comenta a psicóloga Dora Sampaio Goes, do Instituto de Psiquiatria do HC da Faculdade de Medicina da USP.

    "Em apenas nove minutos de jogo, o cérebro já libera uma quantidade de dopamina equivalente a tomar anfetaminas, ou seja, a sensação de prazer é muito grande", afirma Goes.

    Para ela, é importante que a família esteja atenta a possíveis sinais de abuso. Os jovens são o grupo de risco maior, mas também há muitos adultos dependentes.


    uol

    0 comentário(s):

    Copyright © 2013 Traduzido por Template Para Blogspot de BloggerTheme9
    Personalizado por dri chaves.
    back to top