• ARARI
  • NOTÍCIA
  • EXPRESSÃO
  • CIÊNCIA
  • 30/06/2012

    100% Arariense: Foi realizada a maior convenção partidária de Arari.

    Postado em 30.6.12  | No marcador  Arari  |  Deixe seu comentário»

    Com o Arari Club lotado de lideranças Ararienses, foi realizada a maior convenção partidária dos últimos tempos. Trazendo o slogan 100% Arariense, a convenção reuniu o PTB, PDT, PSDB, PMN, PSDC e PSD.
     
    Djalma Melo

     Zeca de Américo 

    Com um show de participação popular, Djalma Melo e Zeca de Américo foram indicados para encabeçarem a chapa como candidatos a Prefeito e Vice Prefeito nas eleições municipais. A convenção contou com a presença de sete dos nove vereadores com mandato e centenas de lideranças da Zona Urbana e Rural de Arari.

    Djalma e Zeca disputarão as eleições com o apoio da atual Gestão Municipal e do Ex Prefeito Ruy Filho que marcou presença dizendo que será um dos maiores militantes dessa campanha. Na ocasião foram apresentadas as biografias dos candidatos e a palavra fora franqueada a lideranças que declaram apoio incondicional a esse projeto político.

    Visivelmente emocionado, Djalma declarou que sua vontade de ser prefeito não é vaidade e que governará com a mesma força com que governou durante os três primeiros meses deste ano quando assumiu o mandato, noventa dias estes proporcionaram uma injeção de popularidade que culminou em sua candidatura.

    Djalma terá ao seu lado um dos vereadores mais atuantes, Zeca de Américo é reconhecido pelo seu desempenho parlamentar a favor dos menos favorecidos e um posicionamento forte sempre votando a favor das propostas que vão de encontro às necessidades do Povo Arariense.





     Pastor Osvanildo Albuquerque na Oração que deu inicio a Convenção.


     Álvaro Jardim, Coordenador da Campanha 100% Arariense


     Ruy Filho


     Leão Santos



    Djalma nos braços do Povo 









     Mary Prazeres (Secretária de Saúde) 


     Joelma Braga e Francirene Batalha, Coordenadora Pedagógica e a Secretária de Educação


    Graça Melo (segurando o adesivo da convenção) e amigas


    3 comentário(s):

    Campanha científica 'machista' causa polêmica.

    Postado em 30.6.12  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»

    Parece roteiro de filme pornô: três mulheres de salto e vestidinho invadem, desfilando, o laboratório de um cientista compenetrado no seu microscópio. O vídeo, no entanto, é parte de uma campanha da UE (União Europeia) para atrair garotas para a ciência. 

    Desde que veio à tona, a sequência de imagens de menos de um minuto tem sido alvo de críticas em redes sociais. A principal reclamação é a maneira sexista como a mulher é representada na campanha "Science is a girl thing" (Ciência é coisa de garotas).

    Por causa do bafafá, o vídeo foi retirado da página da campanha na internet, mas pode ser assistido no site YouTube e já passa de meio milhão de visualizações.

    "A ideia da campanha é ótima, mas o vídeo foi um verdadeiro desastre", analisa a socióloga Maria Conceição da Costa, que coordena o Núcleo de Estudos de Gênero Pagu, da Unicamp. 

    O site da campanha, recheado de cor-de-rosa e de imagens ligadas à beleza (no lugar do "i" da palavra "science", por exemplo, há o desenho de um batom), também tem sido alvejado na internet. 

    "Eu não uso batom e sou cientista", postou uma pesquisadora no YouTube. "Finalmente um vídeo para convencer minhas colegas pesquisadoras a desistirem da ciência", escreveu outro cientista. Em nota, reforçou que o objetivo da "Science is a girl thing" é atrair principalmente adolescentes para a ciência. 

    Hoje, 45% dos estudantes de doutorado na Europa são mulheres. No entanto, apenas um terço de quem segue carreira como pesquisador é do sexo feminino. 

    Os estudiosos de gênero acreditam que isso acontece por causa do "teto de vidro", um obstáculo invisível que a mulher enfrenta na carreira caracterizado principalmente pela maternidade. 

    Veja o vídeo AQUI


    folha on

    0 comentário(s):

    Candidatos têm de abrir conta específica para arrecadar recursos na campanha eleitoral

    Postado em 30.6.12  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»

    Por Flavio Andrade Braga

    Os candidatos a prefeito e a vereador que disputarão o pleito de outubro têm de abrir conta bancária exclusiva para a movimentação financeira de campanha. A exigência da conta específica se estende também aos comitês e aos partidos. A conta é obrigatória a todos, mesmo que não haja arrecadação ou movimentação de recursos financeiros.

    Antes de arrecadar e gastar recursos na campanha eleitoral são necessários: o requerimento do registro de candidatura ou do comitê financeiro; a inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ); a comprovação da abertura de conta bancária específica; e a emissão de recibos eleitorais.

    Conta bancária

    O CNJP para a abertura da conta específica é fornecido pela Receita Federal após o pedido de registro do candidato à Justiça Eleitoral. Além do CNPJ, o candidato ou comitê deve apresentar o Requerimento de Abertura de Conta Eleitoral (RACE), disponível na página do TSE na internet.

    A conta deve ser aberta em instituição financeira que possua carteira comercial reconhecida pelo Banco Central do Brasil, sendo vedado o uso de conta bancária preexistente.

    O prazo para a abertura da conta é de até 10 dias a partir da data de concessão do CNPJ. A conta é facultativa aos candidatos ao cargo de vereador em municípios com menos de 20 mil eleitores. No caso de município que não possua agência bancária ou correspondente bancário, os diretórios partidários, comitês financeiros e candidatos não são obrigados a abrir conta bancária eleitoral.

    Partidos

    Os partidos políticos, em todas as esferas de direção, também devem providenciar a abertura de conta específica. O prazo, no entanto, termina em 5 de julho e a legenda deve utilizar o CNPJ próprio já existente.



    joaocostagnf.blogspot.com

    0 comentário(s):

    Jovem que roubou quadro de Portinari volta ao museu para pedir desculpas

    Postado em 30.6.12  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»

    Um pedido de desculpas e o perdão não poderiam escolher lugar melhor para se encontrar. Um museu. Mais especificamente o Museu de Arte Contemporânea (MAC) de Pernambuco, em Olinda, um dos mais importantes da América Latina. O pedido partiu de um jovem franzino, carioca de sotaque carregado, que há pouco mais de dois anos levou o MAC a ganhar as manchetes dos principais jornais do Brasil e até mesmo do exterior.


    Leonardo Jorge da Silva, 26 anos, acusado de furtar do local a tela Enterro, do pintor Cândido Portinari, em 14 de julho de 2010, voltou ao museu. Dessa vez, no entanto, não buscava obras de arte. Estava atrás do perdão de Célia Labanca, diretora do espaço.

    Para ele, solto há um mês através de decisão da Justiça para responder o processo em liberdade e que diz querer retomar a vida longe do mundo do crime, o pedido de desculpas seria o primeiro passo para o recomeço. O encontro aconteceu no fim da manhã de um dia chuvoso.

    O jovem disse ter decidido mudar de vida após entrar na escola. “Ainda na prisão, comecei a fazer pesquisas para um próximo trabalho (furto). Mas vi na escola um refúgio, pois sofri muito lá dentro, principalmente pela minha condição sexual. E na escola percebi que posso usar meus conhecimentos para mudar de vida. Mas antes tinha que pedir desculpas”, ressaltou Leonardo, que entregou a camisa do Projeto Travessia e uma carta de sete páginas à Célia.

    Para a diretora do museu, a atitude do jovem é nobre. “Esse menino é inteligentíssimo. E deve usar essa inteligência. Vejo que você é uma pessoa boa. Com todo o prazer, lhe perdoo”, afirmou Célia, que presenteou Leonardo com dois livros escritos por ela.





    uol


    0 comentário(s):

    25/06/2012

    Blog de Nilson Ericeira é adicionado em nossa lista de indicações.

    Postado em 25.6.12  | No marcador  Arari  |  Deixe seu comentário»

    Temos ao lado direito da nossa página uma lista de blogs e sites que indicamos para sua leitura, adicionamos hoje mais um parceiro que escreve, dentre outros assuntos, sobre a gente e fatos de Arari.

    O blogueiro é Nilson de Jesus Ericeira Sousa (foto), poeta, jornalista, professor, psicopedagogo e estudante de Direito, funcionário Público há mais de 30 anos. É natural de Arari e carinhosamente tratado por todos como Nilsinho.

    Confira o blog de Nilson AQUI

    2 comentário(s):

    24/06/2012

    Cia Mistura realiza atividades educativas de dança para crianças e adolescentes.

    Postado em 24.6.12  | No marcador  Arari  |  Deixe seu comentário»

    O entendimento da Cia Mistura sobre as políticas voltadas para o desenvolvimento de práticas de artes é apresentado sob uma perspectiva educativa de inclusão social. O trabalho com artes leva a criar ou descobrir possibilidades de construir, melhorar ou transformar toda uma realidade, por isso é de fundamental importância de perceber a arte muito mais longe do que o currículo escolar nos permite alcançar.

    Com o objetivo de garantir o acesso de crianças e adolescentes a práticas artísticas, a Cia Mistura encerrou um ciclo de oficinas de dança no povoado Trizidela, as oficinas fazem parte do conjunto de ações desenvolvidas pelo projeto Espaço Mistura de Artes. O grupo Girassóis, formado pelas crianças atendidas, fez duas apresentações do espetáculo que resultou das aulas de dança contemporânea. Pais e comunidade foram convidados e prestigiaram as apresentações, a noite cultural contou com uma participação especial do grupo de capoeira também fomentado pelo projeto.

    De acordo com Maryclene Costa (Profissional de Dança da Cia Mistura) A aplicação do conteúdo das oficinas foi através do que já foi vivenciado em experiências cotidianas, jogos e dinâmicas com as crianças. "Tentamos expor e implantar uma nova visão da arte (dança), visamos também saídas de como potencializar as práticas artísticas existentes neste município e para esse momento valorizar as experiências da comunidade é imprescindível" disse.

    Grupo de Capoeira

     
    Grupo Girassóis


    0 comentário(s):

    Saúde - Trabalhar à noite aumenta risco de câncer de mama

    Postado em 24.6.12  | No marcador  Ciência  |  Deixe seu comentário»

    Mulheres que trabalham em turnos noturnos têm um risco 30% maior de desenvolver câncer de mama em relação às funcionárias que cumprem o horário convencional (ou comercial). Essa é a conclusão de um estudo que acaba de ser publicado pela revista científica International Journal of Cancer.

    A investigação, que envolveu 3 mil mulheres, foi conduzida por pesquisadores franceses do Instituto Nacional da Saúde e Pesquisa Médica (Inserm). Eles se basearam em levantamentos populacionais feitos entre 2005 e 2008. Mais de 11% das mulheres analisadas tinham trabalhado à noite em algum momento. Os riscos de apresentar um tumor foram maiores entre as que passaram por essa experiência por mais de quatro anos e entre aquelas que haviam trabalhado à noite antes da primeira gravidez.


    Não é a primeira vez que o trabalho noturno é associado a um risco maior de câncer de mama. Em maio, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) divulgou um estudo sobre o aspecto ocupacional do tumor que citava a suscetibilidade das enfermeiras - justamente porque muitas trabalham à noite.


    A explicação mais aceita pelos médicos é a de que se expor à luz artificial à noite reduz a secreção da melatonina, responsável pelos receptores hormonais, pelo sistema imune e pelo sono. Essa desregulação hormonal teria ligação com o tumor. Em 2010, a Agência Internacional para Pesquisa de Câncer classificou as atividades profissionais que perturbam o ritmo circadiano, como o turno noturno, como "provavelmente cancerígenas". 




    uol

    0 comentário(s):

    21/06/2012

    Uma quase paixão

    Postado em 21.6.12  | No marcador  Expressão  |  Deixe seu comentário»




    Essa mão que seguras, não é tão frágil quanto imaginas!
    Esses pés vestidos de couro extinto não são tão pequenos!
    Essa água não é éter.
    Meu coração não é tão grande assim, grande pra abrigar tanta dor.

    As árvores embalas pelo vento, fazendo uma onda contagiante.
    Um beijo levado debaixo da sombra.
    Um gesto que mostrava uma insatisfação mentirosa.
    Um homem quase maduro!

    Uma quase paixão.

    Ailton Barros

    0 comentário(s):

    Sisu bate recorde de inscrições da edição passada

    Postado em 21.6.12  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»


     Sistema de Seleção Unificada (Sisu) registra um número de candidatos superior ao total registrado em todo o período de inscrições referente ao segundo semestre letivo de 2011. Até as 18 horas de ontem (20), já estavam inscritos 484.756 estudantes. Como cada candidato pode optar por até dois cursos, foram registradas 936.808 inscrições.

    No ano passado, ao final dos cinco dias, o sistema havia registrado um total de 446.508 candidatos e 849.359 inscrições realizadas. Até o momento, os estados com o maior número de inscrições recebidas são, respectivamente, Rio de Janeiro (197.517), Minas Gerais (124.460), Ceará (120.045), Maranhão (76.983) e Bahia (66.791).

    Para o segundo semestre de 2012 são ofertadas 30.548 vagas em 56 instituições de ensino superior. Os interessados devem se inscrever na página do Sisu na internet, até as 23h59 da próxima segunda-feira. Desde terça-feira, 19, os candidatos podem visualizar a classificação parcial e a nota de corte no próprio sistema.

    O Sisu é um ambiente virtual criado pelo Ministério da Educação com o objetivo de selecionar estudantes para instituições públicas de ensino superior, por meio da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

    O resultado da primeira chamada da seleção será divulgado no dia 25. O período de matrícula dos convocados será aberto no dia 29 e se estenderá até 2 de julho. Em 6 de julho, será divulgada a segunda chamada, que terá inscrições nos dias 10 e 11. As instituições convocarão os candidatos classificados na lista de espera em 17 de julho.


    Jornal do Brasil

    0 comentário(s):

    Após críticas, Dilma admite recuo e comenta retirada do tema dos direitos reprodutivos do rascunho da Rio+20

    Postado em 21.6.12  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»

     
    A presidente Dilma Rousseff admitiu, na manhã desta quinta (21), que o governo brasileiro recuou ao retirar o tema dos direitos reprodutivos da mulher do rascunho final da Rio+20, a Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável que acontece até dia 22 de junho no Rio.

    De improviso, a presidente se pronunciou ao final do encontro O Futuro Que as Mulheres Querem, depois de ouvir várias críticas à exclusão do tema. As observações mais contundentes foram feitas pela ex-primeira ministra da Irlanda, Mary Robinson, e pela ex-primeira ministra da Noruega, Gro Harlem Brundtland.

    O encontro foi uma atividade da ONU Mulher, entidade dirigida pela ex-presidente do Chile, Michele Bachelet.  Além de Dilma, as presidentes Laura Chinchilla Miranda, da Costa Rica, e Dalia Grybauskaitè, da Lituânia, além das primeiras-ministras Portia Simpson Millier, da Jamaica, Julia Gillard, da Austrália, e Helle Thorning-Schmidt, da Dinamarca.

    Dilma fez um discurso inicial, no qual mencionou a importância dos direitos reprodutivos da mulher, mas não comentou o veto. Após ouvir as críticas, pediu a palavra a Bachelet e se justificou. Primeiro, fez um elogio do multilateralismo, "uma característica da Rio+20", disse. "No passado recente, até duas décadas atrás, era praticado o bilateralismo", lembrou.

    "Se nem todas as minhas posições, sem nem todas as posições das senhoras estão lá (no texto da Rio+20), há que respeitar a diversidade. Isso implica recuar e avançar no processo", disse a presidente.

    Dilma mais uma vez elogiou o documento aprovado na pré-conferência sob a liderança da diplomacia brasileira. "Muitas vezes estive em reuniões que não aprovaram nem uma linha.significa um avanço que a gente conseguiu aqui um texto obtido por consenso".

    Cartazes haviam sido mostrados ao final de seu discurso, lembrando a questão dos direitos reprodutivos.  Durante seu tempo oficial, a presidente falou dos investimentos do seu governo para assegurar os direitos reprodutivos das mulheres, mas não comentou a exclusão do tema do rascunho final da Rio+20.


    uol

    0 comentário(s):

    18/06/2012

    Saúde: Pesquisa revela segredo da longevidade no Japão

    Postado em 18.6.12  | No marcador  Ciência  |  Deixe seu comentário»

    O Japão tem a maior média de expectativa de vida do mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e das Nações Unidas (ONU), e o segredo não é somente a alimentação, como se pensava.

    Segundo Kenji Shibuya, professor do departamento de política global de saúde da Universidade de Tóquio, as razões da longevidade japonesa têm tanto a ver com o acesso a medidas de saúde pública quanto a uma dieta equilibrada, educação, cultura e também atitudes de higiene no dia-a-dia.

    O especialista e uma equipe de pesquisadores estudaram vários aspectos da cultura, da política e da economia japonesa que influenciam na forma de viver da população e publicaram o estudo no jornal médico The Lancet.

    ''A expectativa de vida do japonês aumentou rapidamente entre os anos 50 e 60, primeiramente, por causa da queda da taxa de mortalidade infantil'', explicou à BBC Brasil o professor Shibuya.
    Depois, as autoridades concentraram esforços para combater a mortalidade adulta. O resultado positivo foi, em grande parte, consequência dessa política de saúde adotada pelo país.

    Histórico de sucesso

    Hoje, um bebê quando nasce no Japão pode esperar viver até 86 anos se for uma menina, e quase 80 se for menino. Mas segundo o estudo conduzido pelo professor Shibuya, os japoneses nem sempre tiveram a perspectiva de viver por tanto tempo.

    Em comparação com dados de 1947, houve um salto de mais de 30 anos na expectativa de vida de uma pessoa. Esse crescimento começou no final da década de 50, quando o país passou a experimentar um desenvolvimento econômico acelerado.

    No pós-guerra, o governo começou a investir em ações de saúde pública, introduzindo o seguro nacional de saúde em 1961, tratamento grátis para tuberculose e infecções intestinais e respiratórias, além de campanhas de vacinação. Uma das principais ações foi a redução das mortes por acidente vascular cerebral (AVC). ''Isso foi um dos principais impulsionadores do aumento sustentado da longevidade japonesa depois de meados dos anos 1960'', contou o estudioso.

    ''O controle da pressão arterial melhorou através de campanhas, como a de redução do consumo de sal, e uma maior utilização de tecnologias de custo-benefício para a saúde, como medicamentos anti-hipertensivos com cobertura universal do seguro de saúde.''

    Leia  MAIS


    UOL

    0 comentário(s):

    15/06/2012

    O Blog dE oLho ultrapassou 100.000 visitas.

    Postado em 15.6.12  | No marcador  Expressão  |  Deixe seu comentário»


          O número 1 de Arari ultrapassou a marca de 100.000 acessos, e devemos isso a você companheiro que tem ficado dE oLho. Esse número não deixa de nos envaidecer um pouco, porém chegamos a conclusão que é preciso melhorar, em breve estaremos com um novo layout para proporcionar mais qualidade aos queridos leitores.

        dE oLho também deixa esse espaço aberto pra você se sentir a vontade para colaborar com nossas postagens, comentários, textos, poemas, em fim, aquilo que vier a somar com nosso espaço será bem vindo.

        Abração e vamos juntos adicionar mais alguns números ao nosso contador.


    Um mês Junino de Muita Alegria a Todos (as)
    Ailton Barros 

    4 comentário(s):

    13/06/2012

    Recortes

    Postado em 13.6.12  | No marcador  Expressão  |  Deixe seu comentário»

    Já a algum tempo sem “recortar”,  mas dE oLho não ficou de fora dos últimos fatos que permeiam a sociedade arariense, para  tanto estamos aqui de volta com nossas farpas da hora.Então vamos lá!!!...



    Política

    Não é segredo para ninguém que os nervos dos possíveis candidatos a prefeito de Arari estão correndo de canto a canto em busca de apoios.

    A casa de um ex-secretário municipal se tornou o recato preferido para os olheiros das eleições vindouras, tanto governistas quanto oposição andam dialogando de olho na articulação que tanto pode ser uma terceira via independente, como pode ser uma ferramenta de divisão de águas e fortalecimento de um dos grupos principais.






    Morreu na casca

    Comentamos com os nossos leitores anteriormente a respeito do surgimento de um novo grupo político, uma terceira opção. Os pré-candidatos menos favorecidos estavam se articulando em prol de uma possível aliança que levaria como cabeça de chapa o candidato mais bem colocado nas pesquisas.

    Como já sabíamos, o g novo morreu na casca, foi só alguns dos iludidos aparecerem com pontuação baixa, isso pra não dizer que nada pontuaram, para o grupinho se quebrar e cada um procurar seu canto.







    Sem teto

    Tenho a leve impressão que Arari ganhará uma nova associação para abrigar moradores sem teto, isso porque tem candidato sem voto e agora sem casa. Segundo boatos, e esses assim como cheiro de pão fresco correm com o vento, tem pré-candidato vendendo a casa pra investir em candidatura.

    Vale lembrar que dívidas de campanhas anteriores permanecem e ainda assolam muita gente por aí. Devendo e sem um lugar pra descansar do sol é mais difícil pra pensar no que fazer pra fechar os rombos deixados por uma derrota nas urnas.


    0 comentário(s):

    Arari discute em Audiência Pública o Plano Local de Habitação de Interesse Social.

    Postado em 13.6.12  | No marcador  Arari  |  Deixe seu comentário»

    A Prefeitura Municipal de Arari realizou nesta quarta feira (13) uma Audiência Pública para discutir o Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS). O evento ocorreu no auditório do Sindicato Rural e contou com facilitadores do CONLAGOS (Consorcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Região dos Lagos Maranhenses) que nortearam as discussões.

    O PLHIS é um conjunto de instrumentos de ação e intervenção para o setor habitacional, importante como requisito básico para a adesão ao Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social. É um plano participativo que deve agregar os diversos agentes sociais, respeitando a diversidade dos interesses locais e os distintos segmentos.

    Tem o objetivo de diagnosticar a situação habitacional do município e dar as orientações e diretrizes para o planejamento do setor habitacional local, tanto na área urbana quanto rural, com foco especial na habitação de interesse social para que a cidade possa planejar e saber exatamente onde irá aplicar os recursos adquiridos e como vai crescer e requalificar habitações precárias existentes, além de identificar que tipo de moradia as pessoas desejam e como será feito o acesso a esta moradia.

    O processo de elaboração do Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS) consiste em 3 (três) etapas; a primeira é a proposta metodológica, a segunda o diagnóstico do setor habitacional e, por fim, as estratégias de ação, que resultarão em um conjunto de diretrizes e instrumentos de ação e intervenção para o setor da habitação de interesse social.

    0 comentário(s):

    Municípios maranhenses realizam 2º Fórum Comunitário do Selo UNICEF

    Postado em 13.6.12  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»

    A partir desta quinta-feira (14/jun), 79 municípios maranhenses realizam o 2º Fórum Comunitário do Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2009-2012. Em todo Brasil, 1.054 municípios do Semiárido e da Amazônia Legal estão promovendo o evento. 

    Realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com apoio da Comissão Municipal Pró-Selo, o 2º Fórum Comunitário é o momento de a comunidade conhecer e avaliar os resultados do trabalho desenvolvido pelo município para avançar na garantia dos direitos de cada menino e menina. As ações começaram em 2009, quando os gestores municipais aderiram ao Selo UNICEF, uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em parceria com a Petrobras e a Rede Energia, e parceria técnica da Escola de Formação de Governantes do Maranhão (EFG-MA) e Grupo de Apoio às Comunidades Carentes do Maranhão (GACC-MA).

    Durante o 2º Fórum Comunitário, representantes de diferentes setores da comunidade (lideranças religiosas, sindicais, quilombolas, indígenas, radialistas, artistas, promotores de justiça, juízes, agentes comunitários de saúde, entre muitos outros) são informados sobre as principais atividades e resultados do Plano de Ação desenvolvido pela Comissão Municipal Pró-Selo. O plano foi traçado em 2010, quando aconteceu o 1º Fórum Comunitário, e a comunidade participou da discussão da situação da infância e adolescência no município e da elaboração de propostas para superar os principais desafios.

    O objetivo principal é fortalecer a participação dos diferentes setores da comunidade na discussão e acompanhamento das ações e políticas locais voltadas para a infância e adolescência.

    Em cada município, o evento é acompanhado por um profissional contratado e capacitado pelo UNICEF, com o objetivo de reunir informações para o processo de avaliação do município.  Na ocasião, também é visitado o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, bem como o Conselho Tutelar.

    Com o 2º Fórum Comunitário, o Programa Selo UNICEF inicia sua etapa final, com a avaliação dos avanços conquistados pelos municípios. Até o final do ano, o UNICEF irá monitorar o desempenho de 33 indicadores sociais ligados à Saúde, Educação, Proteção Social. Também serão valorizadas atividades de Participação Social, como os Fóruns Comunitários. O resultado final será anunciado em novembro, com o reconhecimento internacional dos municípios. 



    UNICEF

    0 comentário(s):

    10/06/2012

    A procura de um vice: o PMDB de Arari anda desnorteado a procura de um vice para sua chapa.

    Postado em 10.6.12  | No marcador  Arari  |  Deixe seu comentário»

    Os aparecidos estão de volta na terra dos comedores melancia, tem pré-candidato pra tudo quanto é gosto, e como é de praxe em qualquer eleição, os que não morram aqui estão dando o ar da graça, dentre eles estamos encontrando com frequência a candidata derrotada nas últimas eleições.

    Simplesmente Maria (foto), como assim é conhecida a magnata do ramo dos supermercados da capital, conquistou o segundo lugar nas urnas no último pleito municipal, foram 2.172 votos de diferença, esses números ficaram na memória do povo de Arari como uma das maiores vitórias eleitorais por estas bandas. 

    De volta à Baixada, Maria simplesmente está a procura de um vice, alguém arrisca algum palpite? Não sei não, mas parece que as coisas não estão muito bem, ouvimos falar da possível articulação entre o PT e o PMDB, informações infundadas, de acordo com algumas conversas de pé de ouvido, o Partido dos Trabalhadores está trabalhando numa candidatura própria e nem sonha em coligar com Simplesmente.

    João Fernandes, um possível candidato a vice, não teria mais condições dentro do seu partido para viabilizar-se para o cargo, parece que a falta de diálogo e articulações sem o consentimento da maioria o teria deixado em maus lençóis.

     

    Parece que a pré-candidata do PP, Aurinete Freitas também teria sido cogitada para a  chapa, mas como a própria Aurinete teria postado em um site de relacionamentos, não haveria a mínima possibilidade de isso acontecer. 



    O que parece ser mais verdadeiro é uma conversa entre Maria e Alvaro Jardim, porém nada confirmado. Como ainda há tempo para articulações, basta-nos esperar para ver o circo pegar fogo e malabaristas pulando nos trampolins a procura das mais viáveis articulações. Aguardem a segunda parte dessa novela.

    10 comentário(s):

    Rio + 20: Por uma Agenda de Juventude e Sustentabilidade.

    Postado em 10.6.12  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»


    Os jovens somam 1,8 bilhão de pessoas no mundo. Eles representam um dos grupos mais afetados pelo desemprego, violência, exclusão social e destruição ambiental, gerados pelo atual modelo de desenvolvimento. É a juventude, no entanto, um dos segmentos mais sensíveis às causas ambientais. Isso fica visível nas diferentes formas de organização e manifestação sobre o tema, liderados por jovens.

    Considerar o que a juventude tem a dizer, criar canais de participação e ampliar a incidência política desse público é uma estratégia fundamental na construção de uma agenda de Desenvolvimento Sustentável. Este foi o desafio debatido na mesa de abertura do segundo dia brasileiro da Youth Blast – Conferência das Nações Unidas para a Juventude, dia 8, no Centro de Convenções Sul América, no Rio de Janeiro. O evento é preparatório para a Rio+20, que acontece na próxima semana, também no Rio de Janeiro. Daqui sairá um documento com as proposições das juventudes para a etapa oficial da Conferência.

    Trabalho decente e educação de qualidade - Dos 200 milhões de desempregados no mundo, 80 milhões são jovens. De 2008 para cá, após a crise mundial, mais de 30 mil postos de trabalho foram extintos. Além disso, dois de cada cinco trabalhadores, ocupam postos de trabalho precários. Estes foram alguns dos dados trazidos por João Vidal (União Geral dos Trabalhadores – UGT), para o qual uma agenda de juventude e desenvolvimento sustentável deve, obrigatoriamente, compreender o tema do trabalho decente. “O trabalho é o assunto que mais interessa e preocupa os jovens brasileiros”, disse. “É um dos mais importantes direitos de cidadania, fundamental para o alcance da emancipação, independência e autoestima da juventude”, complementa.

    Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o trabalho decente está alicerçado em três pilares: respeito às normas; emprego de qualidade e extensão da proteção social. Trata-se do trabalho produtivo, remunerado de forma justa, executado em condições de liberdade e garantia de direitos. O governo brasileiro lançou, em dezembro de 2010, a Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude, que traz diretrizes, metas e orientações para a união de esforços na promoção do trabalho decente. “A agenda está posta, agora é importante o governo implementá-la”, conclui Vidal.


    Agência Jovem

    0 comentário(s):

    08/06/2012

    Mais de 1.000 municípios brasileiros realizam o 2º Fórum Comunitário do Selo UNICEF

    Postado em 8.6.12  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»

    No Semiárido e na Amazônia Legal Brasileira, a comunidade participa e avalia os resultados alcançados em prol da infância e adolescência nos municípios envolvidos no Programa Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2009-2012

    Nos 19 Estados do Semiárido e da Amazônia Legal Brasileira, 1.054 municípios anunciam a realização do 2º Fórum Comunitário do Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2009-2012. Realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com apoio da Comissão Municipal Pró-Selo, o 2º Fórum Comunitário é o momento de a comunidade conhecer e avaliar os resultados do trabalho desenvolvido pelo município para avançar na garantia dos direitos de cada menina e menino. As ações começaram em 2009, quando os gestores municipais aderiram ao Selo UNICEF, uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em parceria com a Petrobras, a Rede Energia, a Coelce e diferentes parceiros técnicos locais.

    Durante o 2º Fórum Comunitário, representantes de diferentes setores da comunidade (lideranças religiosas, sindicais, quilombolas, indígenas, radialistas, artistas, promotores de Justiça, juízes, agentes comunitários de saúde, entre muitos outros) são informados sobre as principais atividades e resultados do Plano de Ação desenvolvido pela Comissão Municipal Pró-Selo. O plano foi traçado em 2010, quando foi realizado o 1º Fórum Comunitário, e a comunidade participou da discussão da situação da infância e adolescência no município e da elaboração de propostas para superar os principais desafios.

    O objetivo principal é fortalecer a participação dos diferentes setores da comunidade na discussão e acompanhamento das ações e políticas locais voltadas para a infância e adolescência.

    Em cada município, o evento é acompanhado por um profissional contratado e capacitado pelo UNICEF, com o objetivo de reunir informações para o processo de avaliação do município. Na ocasião, também é visitado o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), bem como o Conselho Tutelar.

    Com o 2º Fórum Comunitário, o Programa Selo UNICEF inicia sua etapa final, com a avaliação dos avanços conquistados pelos municípios. Até o final do ano, o UNICEF vai monitorar o desempenho de 33 indicadores sociais ligados à Saúde, Educação e Proteção Social. Também serão valorizadas atividades de Participação Social, como os Fóruns Comunitários. O resultado final será anunciado em novembro, com o reconhecimento internacional dos municípios.

    unicef 

    0 comentário(s):

    07/06/2012

    Cota Social é aprovada em Comissão do Senado.

    Postado em 7.6.12  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»

    Após quatro anos de tramitação, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou o projeto de lei que define um sistema de cotas para ingresso de alunos nas universidades e instituições de ensino técnico federais (PLC 180/2008). O texto reserva, no mínimo, 50% das vagas por curso e turno para quem tenha feito integralmente o ensino médio em escolas públicas, além de sugerir critérios complementares de renda familiar e identidade étnico-racial.

    A cota social será atendida com o preenchimento de metade das vagas reservadas para a escola pública por estudantes cujas famílias tenham renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio – em valores atuais o equivalente a R$ 933.

    Quanto ao critério étnico-racial, o projeto define que o total das vagas reservadas será preenchido de acordo com os percentuais de participação de negros, pardos e indígenas na população do estado onde a instituição de ensino está localizada, a partir de autodeclaração dos candidatos. Para esse cálculo, será levado em conta o censo mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Se houver sobra de vagas nas cotas após a aplicação desse parâmetro, as remanescentes deverão ser ocupadas pelos demais estudantes que tenham cursado todo o ensino médio em escola pública. A reserva de vagas não dispensará o aluno de atingir um resultado minimamente satisfatório nos exames normalmente aceitos pelas universidades, como o Enem e o vestibular. Atualmente, a maior parte das federais tem optado pelo Enem.

    – A combinação desses critérios robustece as políticas de combate à discriminação e à pobreza, garantindo melhor enfretamento das desigualdades que se refletem no ensino superior – comentou a relatora da proposta, senadora Ana Rita (PT-ES).


    Agência Senado

    0 comentário(s):

    Território Rural Campos e Lagos: Uma conquista para a Baixada Maranhense.

    Postado em 7.6.12  | No marcador  Notícia  |  Deixe seu comentário»


    Desde 2003 organizações do território, hoje conhecido como TR Campos e Lagos, vêm discutindo propostas voltadas para o seu desenvolvimento. Entre as organizações coordenadoras desse processo se destacaram no período de 2003 a 2008 o Portal da Educação da Baixada – articulação de Secretários de Educação e o Instituto Formação. A partir de 2004, as organizações juvenis foram se articulando, criando os Fóruns da Juventude e se inserindo ativamente nesse processo. Em 2005, os Secretários de Agricultura também decidiram se envolver nesse debate e construíram uma articulação chamada Porteira da Agricultura. Todos permanecem até o momento participando e fortalecendo o território.

    O Formação, o Portal da Educação da Baixada, a Porteira da Agricultura e os Fóruns da Juventude coordenaram um conjunto de debates, em forma de colóquios, sobre desenvolvimento local realizados em nove cidades desse território, no período de 2004 a 2006 e realizaram sobre o mesmo tema, três grandes encontros sobre desenvolvimento local nas cidades de Arari, Penalva e Santa Inês. Este último realizado fora do território, mas envolvendo as organizações e debates sobre a Baixada Maranhense. Nesses encontros, aprofundaram-se diagnósticos e pesquisas realizados pela equipe do Instituto Formação, com o debate permanente sobre perspectivas e propostas para o desenvolvimento das pessoas e da região onde viviam. Envolveram-se nessas discussões mais de cinco mil pessoas. Tivemos nesse processo apoio de consultores diversos, do Maranhão e de outros estados. Uma interlocução permanente foi mantida com organizações da Encosta da Serra Geral, em Santa Catarina.

    Ainda em 2005, o conjunto de organizações acima citadas, decidiu criar uma estrutura para coordenar o diálogo sobre a Baixada Maranhense. Nasce então a ADS – Agência de Desenvolvimento Sustentável. Para essa criação realizou-se muitas plenárias, reunindo sociedade civil e representantes governamentais. Somaram-se ao conjunto de organizações protagonistas desde 2003, outras muito importantes como MIQCB, ACONERUQ, Colônias de Pescadores, Sindicatos de Trabalhadores Rurais, Associações diversas. A ADS foi criada e logo em seguida foi elaborado um Plano de Desenvolvimento Territorial, que contou com um debate aprofundado dos secretários de agricultura, de educação e das organizações sociais do território, sob a coordenação do Instituto Formação. A ADS passa então a ser importante protagonista desse processo e desde 2005 iniciaram-se diálogos com o MDA, em nível local e nacional, para a homologação do território. No final de 2010 o Instituto Baixada também conseguiu assento no colegiado.  

    Acompanhe as atividades e discussões do colegiado através do blog: http://territoriocamposelagos.wordpress.com

    0 comentário(s):

    Copyright © 2013 Traduzido por Template Para Blogspot de BloggerTheme9
    Personalizado por dri chaves.
    back to top